novidades na sua caixa de entrada!

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

guia do clube do livro: o que é, origem, como funcionam e muito mais!

Imagem de capa do post Guia do Clube do Livro, com fundo cor de rosa claro com sobreposição do escrito em fonte cursiva "Book Club".

A origem do clube do livro remonta às civilizações antigas e, mais do que um espaço para discussão da leitura, eles se popularizaram nos últimos anos graças à internet.

Mas, para além das transformações do tempo, existem detalhes interessantes sobre o funcionamento e diferenças entre os clubes do livro que você pode conferir em detalhes neste guia completo!

O que é um clube do livro?

A maior parte das definições indica que:

Um clube do livro é um grupo de pessoas que se reúnem com regularidade para debater livros de interesse comum.

Via de regra, um clube de leitura possui um ou mais organizadores, que atuam como líderes ou gestores do grupo. Essas pessoas geralmente também são membros que responsáveis por exercer determinadas tarefas, resolver problemas e moderar os encontros.

Também existem alguns critérios que o grupo costuma seguir sobre:

  • a forma e a regularidade com que se reúnem;
  • os tipos de obras lidas;
  • os prazos;
  • regras de funcionamento do grupo.

Dentro disso, existem grupos nos mais variados formatos, sejam eles presenciais ou online. Continue a leitura que vamos explorar mais esses tópicos, assim como alguns conceitos e distinções importantes.

Como surgiram os clube de leitura?

Imagem do post Guia do Clube do Livro, com fundo cor de rosa claro com sobreposição de imagem de ilustração de quatro mãos estendidas, cada uma segurando um livro.

Existem relatos que datam da Europa do século XVII e XVIII sobre o surgimento de clubes de leitura como encontros realizados especialmente entre as classes mais abastadas.

Já no século XIX, os clubes se tornaram uma forma mais popular de entretenimento, englobando das classes médias às trabalhadoras, com forte presença nos Estados Unidos e Europa.

No Brasil, a presença desses encontros são mais presentes na história a partir dos séculos XIX e XX.

Dois marcos interessantes do mercado editorial no Brasil e que se mesclam com a história dos clubes do livro no Brasil é do Círculo do Livro (1973) e do Clube do Livro (1943).

Porém, voltando um pouco mais no tempo, é possível entender que a ideia de um clube do livro não nasceu apenas no século XVII.

Os primórdios dos Clubes de Leitura

Na Grécia Antiga existiam as chamadas sympósia (ou symposion, que significa “beber em companhia”), que consistia numa reunião entre homens eruditos ou com educação refinada com o objetivo de discutir diversos assuntos como política, filosofia e literatura.

Apesar do foco não ser exclusivo da literatura e de ser um ambiente descontraído, numa vibe bem conversa de boteco mesmo, a semente do que temos hoje já existia ali. Afinal, a possibilidade de um debate é presença marcante no formato de um clube do livro.

Mais um salto no tempo e encontramos referências de círculos literários acontecendo durante a Idade Média e o Renascimento, com eventos geralmente associados à corte ou a universidades.

O foco desses círculos literários era o debate de poesia, filosofia e literatura, e foram importantes ferramentas de disseminação de conhecimento e preservação da literatura da época.

Diferença entre um clube do livro e clube de leitura

Imagem do post com fundo cor de rosa claro com sobreposição de imagem de ilustração de cinco pessoas sentadas em cadeiras, fazendo um semi círculo e segurando cada uma um livro.

É bem provável que você já tenha visto os dois termos por aí, mas nem sempre se sabe se existem ou não diferenças entre um e outro.

De modo geral, não existe diferença entre os termos clube do livro e clube de leitura, sendo usado na maior parte das vezes como sinônimos. Aqui neste post, por exemplo, sempre que você ver um ou o outro sendo usado, sempre será como sinônimo.

Mas, nem todo mundo acredita que são sinônimos.

Para algumas pessoas, porém, os dois termos são diferentes, especialmente por causa das palavras em inglês book club, que, em tradução literal, significa clube do livro.

Nesse caso, clube do livro é visto como um termo mais restritivo. Assim, ele se refere à uma leitura única, ou seja, de um único livro (ou ciclo de livros), sem pretenção de continuidade posterior. Algo mais próximo do que adotamos aqui como leitura coletiva, como você verá mais abaixo.

Seguindo essa linha de raciocínio, clube de leitura é uma definição mais abrangente, em que as pessoas se reúnem para ler gêneros diversos de ficção ou não ficção, e indo da literatura à poesia e outros estilos.

São diferenças que usualmente não são utilizadas no meio literário brasileiro. Por isso, no meu entendimento, os termos são sim sinônimos e, ao longo deste artigo, serão usados como tal.

Neste ponto, é preciso chamar a atenção para uma outra diferenciação que também costuma causar muita confusão:

Qual a diferença entre clube do livro e leitura coletiva?

Imagem do post Guia do Clube de Leitura, com fundo cor de rosa claro com sobreposição de imagem de ilustração de duas pessoas conversando, uma delas segurando um livro e com um balaão e fala em que se podem ver os desenhos de três livros.

O conceito que vimos no tópico anterior para clube do livro se assemelha bastante ao conceito que temos hoje para leitura coletiva, termo muito usado no nicho literários do booktube, bookstagram/ bookstam, booktok e afins.

Tanto o clube do livro como a leitura coletiva partem da união de pessoas para debater e compartilhar a experiência de leitura. Também em ambos os casos, existe a presença de um ou mais organizadores, que ajudaram na gestão, debate e caminhar do grupo.

Porém, quando falamos em clube do livro, entendemos que existe um formato mais definido para esse grupo, que não pretende se reunir apenas em um único momento, para um único livro. Aqui a ideia que se tem é que há uma maior formalidade no tocante à forma com que o grupo é elaborado.

Já a leitura coletiva, por outro lado, ocorre com bastante frequência e muitas vezes encabeçada por criadores de conteúdo literário. São leituras pontuais, de livros ou sagas específicas, para as quais são formados grupos de debate para os interessados.

Normalmente, os grupos formados para a leitura se encerram depois que a leitura é concluída.

Assim, a ideia aqui é de um grupo menos formal, ou que pelo menos não tem o propósito e durar para além de uma leitura ou ciclo de leitura.

Mas, em ambos os casos, a união terá o mesmo objetivo: o debate e compartilhamento da experiência da leitura.

Tipos de clube de leitura existentes e como eles funcionam

Imagem do post com fundo cor de rosa claro com sobreposição de imagem de ilustração de uma tela de encontro online.

Antes de qualquer coisa, entenda que não existe nenhum tipo de classificação consagrada sobre os tipos de clube que existem.

Porém, para facilitar o entendimento, criei algumas divisões que facilitam o entendimento, de acordo com o modo de funcionamento desses grupos de leitura.

O primeiro critério que define um clube do livro é o fato dele ser gratuito ou pago; em seguida a outra característica marcante é ser presencial, online ou misto.

A seguir, você pode compreender o que cada termo significa:

  • Clubes Gratuitos: são grupos em que os membros podem ingressar livremente, sem custos para participar.
  • Clubes Pagos ou Por Assinatura: são aqueles que exigem o pagamento de uma mensalidade ou taxa, geralmente no formato de assinatura de pagamento recorrente, para que o membro possa participar das atividades ou receber os itens propostos pelo clube.

Independente de ser um grupo de leitura gratuito ou pago, ele também entrará em uma dessas categorias:

  • Clubes Presenciais: são os grupos que se reúnem presencialmente para realizarem os debates das leituras.
  • Clubes Online: aqui são os que se reúnem exclusivamente online (grupos de mensagens ou vídeo chamada, por exemplo).
  • Clubes Mistos: são aqueles em que as reuniões acontecem tanto presencialmente quanto virtualmente.

Dentro disso, existe ainda uma infinidade de características de um clube que vai reger o modo como ele funciona e você pode conferir as mais comuns a seguir:

Clubes do Livro de Editoras

São clubes, que podem ter tanto formato pago quanto gratuito, que são organizados pelas próprias editoras.

Alguns clubes de editoras são voltados para o envio de publicações de seu catálogo, às vezes inéditas ou lançamentos. e são pagos.

Como exemplos temos o Circuito Ubu, o Clube da Dois Pontos e o Clube da Carina (Grupo Editorial Record).

Nesses casos, o foco principal é o envio das caixas com os livros das editoras e a presença de encontros para debate, conteúdos e afins são diferenciais que variam de clube para clube.

Algumas editoras também promovem leituras coletivas gratuitas, às vezes em parceria com influenciadores e criadores de conteúdo, como o projeto Clube de Leitura da Companhia das Letras ou o Clube de Leitura Dark da DarkSide Books.

Clubes Independentes, de Livrarias, Bibliotecas e Sebos

Alguns clubes de leitura não estão diretamente vinculados à editoras, mas podem ter vínculos com Livrarias, Bibliotecas e Sebos, por exemplo.

Na lista dos independentes também entram os clubes que são organizados e mantidos por criadores de conteúdo e influencers.

Como exemplo de clube independente existe esse aqui mesmo que vos escreve, o Coletivo da Retipatia! Outros exemplos são o Clube Entre Romances, TAG Livros, Turista Literário, Clube do Sebo Lar e Clube Quindim.

Clubes de Leitura Temáticos

Aqui existem infinitas possiblidades para a formação dos grupos, que vão determinar, muitas vezes, o estilo de leitura que o grupo de leitores fará:

  • Por autoria: o foco do clube é a leitura dos livros de um autor/autora/autore.
  • Por gênero literário: são grupos que focam em um ou mais tipos de livros, como ficção ou não ficção e, dentro destes, as diversas vertentes:
    • Não-ficção: biografia, memórias, desenvolvimento pessoal, etc.
    • Ficção: aventura, chick-lit, drama, hq, literatura fantástica, realismo mágico, terror, etc.
  • Por faixa etária: focados em literatura infantil e juvenil, por exemplo, casos em que geralmente o clube também foca na faixa etária dos participantes.
  • Por pautas sociais, políticas e relevantes: grupos focados em leituras que remetam a temas de racismo, feminismo, lgbtqia+, podendo focar em leituras de ficção ou não ficção, ou ambas.
  • Idioma: alguns grupos tem como foco ler livros em outros idiomas para praticar em grupo.
  • Nacionalidade/cultura: já outros se voltam para livros de determinadas nacionalidades e culturas, seja o foco em livros brasileiros ou de outros pontos do globo.
  • Estudos: aqui são grupos que se unem para lerem juntos obras de ficção ou não ficção que auxiliem nos estudos ou para debates acadêmicos;
  • Formato do livro: alguns clubes também tem foco em leituras apenas de livros físicos ou digitais.

Várias dessas características estão presentes em um único clube, já que sua construção é plural e não segue regras senão as que os próprios membros ou organizadores criarem. Mas, para o tema fica mais claro, trago um:

Exemplo prático de como um clube de leitura funciona

Imagem com fundo cor de rosa claro com sobreposição de imagem de ilustração com o brasão das quatro Casas do Coletivo da Retipatia, e, ao lado, menor, com a logo.

O Coletivo da Retipatia é um clube de leitura online e com assinatura mensal. Ou seja, a principal forma de contato com os membros é online e os participantes realizam o pagamento mensal da assinatura para participarem.

Além disso, ele nasceu de uma leitura coletiva chamada Nas Cortes de Prythian, que era aberta para qualquer interessado.

Meses depois, nasceu o Coletivo, já um clube do livro, com regras mais definidas e opção de apoio no Catarse para conteúdos diferenciados, leituras exclusivas e mimos literários.

Assim, além de ter nascido de uma leitura coletiva, o Coletivo tem outras características predominantes que se enquadram como:

  • Independente: organizado e mantido por uma criadora de conteúdo (eu mesma, a Rê);
  • Temático: o Coletivo segue alguns estilos de leitura, com gênero predominante sendo fantasia e explorando outros como clássicos e romances.

Uma coisa muito legal é que essas preferências e características do clube também se refletem nos benefícios, mimos e diferenciais do Coletivo. O que nos leva ao próximo tópico:

Como escolher e fazer parte de um clube do livro?

Imagem do post Guia do Clube de Leitura, com fundo cor de rosa claro com sobreposição de imagem de ilustração de cinco pessoas, sentadas e deitadas, confortáveis, lendo livros.

O principal aspecto para você avaliar na hora de escolher um clube de leitura, é se ele é a sua cara. Ou seja, a questão aqui é sobre escolher um clube com o qual você se identifica.

Para entender isso, você pode avaliar quem é o organizador desse grupo? É uma empresa ou uma pessoa? Você gosta do trabalho dessa empresa ou pessoa, gostaria de conhecer como é participar do clube que ela propõe?

Você também pode avaliar questões como:

  • a identificação com os livros lidos no projeto;
  • o público presente;
  • como é o ritmo de leitura;
  • a frequência e formato dos encontros;
  • se é gratuito ou pago e, nesse segundo caso, se cabe no seu orçamento.

Quais são os diferenciais do clube do livro?

Especialmente se você está em dúvida entre mais de um, o segundo fator relevante é pensar nos diferenciais do clube. Ou seja, no que ele entrega que traz mais ou melhores benefícios para você.

Aqui no Coletivo, por exemplo, existem vários benefícios para os membros, que incluem:

  • Leituras coletivas mensais com debates e eventos;
  • Brindes digitais e conteúdos exclusivos;
  • Participação no Universo Coletivo que tem contos, folhetins, Casas, campeonato, desafios, e muito mais (você pode conhecer mais desse universo aqui);
  • Um Empório em que os membros trocam seus pontos ganhos no clube por mimos como livros, itens literários e fofuras;
  • Caixinhas de assinatura opcional com mimos entregues em casa;
  • Acesso aos melhores amigos do Instagram do clube e ao grupo no Telegram, exclusivos;
  • Mimos temáticos e sorteios eventuais.

Para conhecer tudo que a assinatura do Coletivo inclui, você pode navegar por nossa página e adentrar um pouquinho no nosso Universo! Mas, se tiver qualquer dúvida, fale com a Rê aqui!

Por aí, ficou com alguma dúvida sobre os clubes de leitura?

14 livros com clubes do livro nas suas histórias!

14 livros com clubes do livro nas suas histórias!

ler artigo
novidades 2023: vem fazer parte do Coletivo!

novidades 2023: vem fazer parte do Coletivo!

ler artigo
Caixa Literária: tudo sobre a nossa Cozy Box

Caixa Literária: tudo sobre a nossa Cozy Box

ler artigo

Comente este post!

deixe seu comentário, coletiver!